Divindades

Panteão Yondariano

Yondar – Filho do Criador e Deus da Caridade, Liberdade e Prosperidade.
Valis – Esposa de Yondar, Deusa da Luz e Protetora dos Marinheiros e da Família.
Myrrion – Deus Guerreiro que ensinou a humanidade a domar os cavalos. Patrono dos cavaleiros e fundador do Reino de Ordun.

Panteão Imperial

Inaucus – Deus Guerreiro da Conquista e Dominação. Fundador do Império.
Inanna – Irmã gêmea e esposa de Inaucus, Deusa da Fertilidade e Prosperidade, Protetora dos jovens casais e da família.
Anora – Filha de Inaucus e Inanna, Deusa do Sol, do Verão e do Destino. Controladora do Tempo.
Tardis – Filho de Innana e Inaucus, Deus protetor do bem contra os terrores da noite, Patrono e Protetor dos guardas e soldados. Guardião do Crepúsculo.

Panteão Nórdico

Elroch – Deus Criador e Pai de Todos os Deuses. Rei dos Deuses.
Forller – Deus da Justiça, Frio e Inverno. Utiliza o frio do inferno para julgar e punir. Representado pelo lobo (seus uivos representam o deus julgando os mortais).
Yllera – Deusa Mãe e da Primavera, Protetora da Família e Curandeira Divina. Representada pelo cervo (muitas histórias de pessoas perdidas contam que foram guiadas por um cervo).

Panteão Anão

Khurthal – Artífice Primordial, Criador dos Anões e Escultor do Mundo.
Tadhula – Deusa Mãe, Patrona das Artesãs e Protetora da Família.

Panteão Halfling

Gadeah – Deusa da Abundância, Paz e Protetora dos Halflings. Foi quem deixou os halflings pequenos para fugirem da escrevidão.

Panteão Élfico

Uthiriaen (culto proibido) – Deus da Ambição, do Mal, da Corrupção e das Trevas.

Outras Divindades

Entrok – Deus Criador, da Matança e da Guerra entre os orcs.

Divindades

Crônicas de Yondária Super